Queria abrir sua camisa devagar
Com calma estudada
E malícia no olhar

Queria te afagar o peito
E com muito jeito
Te atiçar
Te aguçar
Te excitar
E me fazer amar


Depois morder tua boca com ardor
Explorar teu corpo com calor
Queria tão pouco... quase nada
Queria apenas... ser amada.

Nancilia
http://www.nancilia.com.br/

3 Comentários:

Diego S. Baldraco disse...

Que poesia hein...ufa..
Menina cá estou eu denovo com mais um blog meu.
O Alfabeto do rock.
www.alfabetodorock.blogspot.com

beijos de saudades.

Clebson disse...

Muito bonita sua poesia, sou amanta da poesia tb

Clebson disse...

meu blog é:
imperiumadvocaciaconsultoriablogspot.com